Pesquise aqui os títulos do blog

Carregando...

domingo, 18 de abril de 2010

Caminhões Dodge - Exportação


Caminhões Dodge - Exportação
___________________________________________________________________________


Prezados amigos e visitantes do blog Show Room Imagens do Passado!


   Voltando a falar sobre aquele material que este que lhes escreve, conseguiu após duas tardes folheando jornais antigos, hoje vou postar uma foto muito bacana, que novamente nos remete a década de setenta.
                                                                                  



   A notícia publicada no antigo jornal, trazia a notícia de que a Chrysler do Brasil, havia vendido para o Chile, 250 caminhões Dodge, sendo 170 do modelo P-900 e 80 do modelo P-700.
   Esses caminhões foram adquiridos pelos associados da Cooperativa de Servicios de los Agentes Sectoristas de la Compañia Cervezerias Unidas CCU, de Santiago.
   O transporte dos caminhões foi feito sob a responsabilidade da Transportadora Coral S/A de São Paulo.
   Todo o transporte desses caminhões foi feito pelo sistema "remonta", ou seja cada caminhão
P-900 rodou com um caminhão P-700 em cima de uma base de madeira sobre o seu chassi.
   O transporte foi feito por rodovia, atravessando a fronteira por Uruguaina para Mendonza na Argentina, e de Cuevas passaram através do tunel na cordilheira dos Andes para Caracoles no Chile de onde os caminhões seguiram para Santiago.
   O percurso totalizou cerca de quatro mil quilômetros, passando por altitudes de até 3.800 metros .
   Esta exportação fazia parte do programa da Chrysler do Brasil com o Befiex, que no ano anterior atingiu 45 milhões de dólares e no ano corrente já estava em 19,5 milhões de dólares.
  
    É difícil de acreditar, como uma empresa com o prestígio e a qualidade da Chrysler do Brasil, veio a ser absorvida pela Volkswagen.
    Vale comentar nesta postagem também, que além desses caminhões que foram mostrados aqui, a Chrysler do Brasil, também exportou os automóveis Dodge Dart e Dodge 1800 para outros países da América do Sul.
     Outro fato que vale ser mensionado, como já foi feito em outra postagem nesse mesmo blog, é que ainda hoje, com um pouco de sorte é claro, ainda conseguimos encontrar alguns desses caminhões rodando pelas cidades do Brasil.
      Essa semana mesmo eu tive a oportunidade de ver um caminhão Dodge P-700 trafegando pela
Br-116 no sentido capital-interior. Estava meio judiado, algumas peças como por exemplo o capô dianteiro, amarrados com arame para poder ser fechado.
      Mas estava lá firme e forte como os Dodges, prestando os seus serviços diários.











 Imagem exclusiva do blog Show Room Imagens do Passado

 
      Por favor deixe o seu comentário!
A sua opnião é muito importante para nós.


Atenciosamente: Administradores do blog Show Room Imagens do Passado






                         
                                                                                   

3 comentários:

Anônimo disse...

Sem dúvida, é inegável, a contribuição que a
Chryler deu ao nosso país. É realmente uma
grande "pena", que ela, não esteja mais no nosso
mercado.

Fábio Cavalcanti - SP.

Anônimo disse...

meu pai tei um dodge desde1990 eu como filho dele sei dizer u amor que ele tei por esa marca eu mesmo ja dise pai ta nahora de trocar o caminhao ele sepre me diz nao don nao vendo e nao enpresto levo eternamete ele comigo ate apos amorte

Anônimo disse...

meu pai tem um Dodge amarelo desde 1884.