Pesquise aqui os títulos do blog

Carregando...

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mercury 1949

Mercury 1949  o carro do avô caçador

     Encontrar fotos antigas, hoje em dia não é um trabalho fácil. É preciso contar com um pouco de boa vontade, perseverança, contar com a sorte e também rezar, para que essas velhas lembranças do passado dos nossos familiares queridos não terem sido jogadas no lixo como muitas vezes acontece.
      E como acontece. Porém as vezes nós apaixonados ou loucos por carros antigos, que se auto intitulam pesquisadores, também damos muita, mas muita sorte mesmo.
     Como eu já mostrei aqui no blog nas postagem " QUEM PROCURA ACHA DODGE".
     O amigo e mais novo colaborador André Tedesco, junto com a foto do Chevrolet 1953, que pertenceu ao seu pai, também nos enviou, a foto do Mercury 1949 que pertenceu ao seu avô, o senhor  Reinaldo Isidoro Tedesco.
     Vou redigir aqui nesta postagem, a história que o André me mandou por e-mail sobre este belo carro.




Fonte da imagem: Acervo pessoal de André Tedesco


   Quando eu vi essa foto, pela primeira vez, confesso que por alguns instantes, achei ela muito engraçada, pois me pareceu ser um legítimo cartas de filme de época, e daqueles bem engraçados também.
   Bom! Mas vamos ao que interessa. A história desse Mercury 1949.



   Figurando, ao lado deste Mercury 1949, fazendo pose com uma espingarda, está o avô do nosso amigo André Tedesco, o senhor Reinaldo Isidoro Tedesco.
  Segundo o André, o seu avô gostava muito de caçar e fazia isso costumeiramente, sempre com esse carro que era o melhor de sua "frota" e assim foi por muitos anos até ser substituído por um Willys Itamaraty.
  A caçada que ocorreu no dia que foi feita essa foto, foi no interior na divisa do estado de Santa Catarina com o Paraná.
  Segundo conta o pai do amigo André, esse carro era muito confiável e eles percorriam grandes distâncias para caçar.
  Como na época era permitido caçar, traziam a Mercury literalmente forrada de perdizes, codornas e outras aves de caça.
  Diz que um certo dia, o pai do amigo André, adolescente em uma hora de descuido do seu pai, foi até a garagem onde ficava guardada a imponente Mercury.
  E na tentativa de " dar uma volta escondida " com o carro do pai, ligou a Mercury engata em primeira marcha, com o pé no acelerador ( trata-se de um legítimo Ford V8!).
  Não deu outra.  A Mercury deu um pulo para a frente derrubando parte da parede de madeira da garagem onde ela ficava guardada,gerando um belo amassado no paralama do lado esquerdo da Mercury. Pois os outros carros da " frota ", passavam a noite no relento.
   Segundo o tio mais novo do amigo André, seu pai sumiu de casa por alguns dias, pois a reação do "dono proprietário" da Mercury não foi das melhores.
    Coisas de moleque. Quem nunca tentou " roubar " o carro do pai para dar uma voltinha que atire a primeira pedra.





Folder promocional do Mercury 1949 ( Fonte da imagem: www.jalopyjournal.com)




Foto exclusiva do blog Show Room Imagens do Passado






2 comentários:

Arte Bugiganga disse...

Quanto estilo!!!!!!

Anônimo disse...

tenho o manual do mercury 49. existe algum interesse comercial? carlos otero coo.otero@gmail.com